Colaboração em investigação jornalistica

O Centro de Estudos da Mina de São Domingos e o Centro de Documentação da Fundação Serrão Martins colaboraram recentemente com o jornalista Aurélio Faria do canal de televisão SIC na investigação jornalística sobre o naufrágio do rebocador Rhona, propriedade da empresa Mason & Barry Lda.
O rebocador Rhona navegava de Vila Real de Santo António para Lisboa, quando na noite de 9 de Fevereiro de 1923 foi apanhado por uma tempestade, acabando por naufragar junto do Farol do Bugio à entrada da barra do Tejo.
Dos 7 tripulantes do navio apenas 2 sobreviveram ao naufrágio, um deles era funcionário da Mason & Barry, continuando ao seu serviço após o acidente e o outro seria um piloto do Porto de Vila Real de Santo António que alegadamente seguia à "boleia" a bordo do navio.
A colaboração do CEMSD centrou-se na pesquisa documental acerca do navio e sobre a informação disponível sobre os tripulantes.
O episódio do programa "Aqui há História" sobre o naufrágio do navio pode ser visto na SIC no dia 9 de Agosto de 2018 após o Jornal da Noite.