Cronologia Histórica

  • - 1000

    Idade do Cobre - Existe perto da Mina de S. Domingos vestígios arqueológicos desse período (sítio dos gaimanitos), por volta do ano 1000 a.C. a região estaria sobre o domínio dos Tartessos que exploravam minas de cobre e prata com o objetivo de os comercializar com os povos do mediterrânio (Fenícios), sabendo-se da existência de um porto Fenício em Mértola e outro junto da confluência do Chança com o Guadiana, embora não existam provas arqueológicas conclusivas, supõe-se que o minério de S. Domingos seria explorado por esse antigo povo da península e “vendido” aos Fenícios que o comercializavam na bacia do Mediterrâneo.

  • -100

    Séc. I AC até Séc.IV DC

    Exploração do filão existente na Serra de S. Domingos pelos Romanos, datam aproximadamente dessa época os vestígios arqueológicos encontrados (moedas e artefactos), durante os mais de 3 séculos de exploração foram extraídos cobre, prata e provavelmente ouro.

  • 476

    Fim do Império Romano do Ocidente, é destituído o último imperador, Rómulo Augusto e é proclamado Rei da Itália Odoacro, Rei dos Hérulos.

  • 500

    Sec.V a Sec.VII

    A região é dominada pelos povos Germânicos, principalmente Visigodos, não existem indícios de exploração mineira neste período.

  • 711

    A região é invadida pelos povos do Norte de África, liderados por Tárique, estes devem ter igualmente explorado as riquezas minerais de S. Domingos, pois existem alguns vestígios arqueológicos (moedas) que o comprovam, essa exploração no entanto deverá ter sido muito inferior à efetuada pelos Romanos.

  • 1143

    O reino de Leão reconhece pelo Tratado de Zamora a Independência de Portugal.

  • 1758

    De acordo com as memórias paroquiais desse ano, existiam na Região de S. Domingos alguns pequenos povoados: Santana; Eytados; Giraldos; Magros; Sapos; Moreanes; Serrralhos; Costa; Alv(a)res; Picoytos; Fermoa; Salgueiros; Morenos e Bens (Freguesia de Santana de Cambas totalizando no conjunto 809 pessoas); Corte do Pinto (Freguesia de Corte do Pinto com 319 pessoas). Na Serra de S. Domingos existia uma única construção, uma pequena ermida, dedicada a S. Domingos e que mais tarde seria integrada no edifico do hospital. É referido ainda a existência de uma fonte de água sulfúrea (pego da sarna) utilizada tradicionalmente para tratar afeções dérmicas (animais e humanas).

  • 1812

    A 11 de Setembro, nasce Charles Théodore Eugéne Duclerc um dos fundadores da La Sabina e 47º Primeiro Ministro de França.

  • 1824

    - A 16 de Junho, nasce em Piemonte (norte da Itália) Nicolau Biava, achador da Mina de São Domingos.
    - A 24 de Julho, nasce James Mason.

  • 1825

    Construção da 1ª Linha Férrea em Inglaterra

  • 1848

    A 21 de Fevereiro, é publicado pela 1ª vez o "Manifesto Comunista" de Karl Marx e Friedrich Engels

  • 1850

    - Nesta data existe no local onde iria nascer a Mina São Domingos apenas uma única casa,uma pequena ermida dedicada a São Domingos,santo que depois deu o nome á terra.Esta casa serviu depois de sala de espera dos utentes do hospital e numa inscrição sobre a sua porta podia ler-se "A única construção existente neste lugar em 1850"

    - A “Revista Mineira” editada em Madrid, publica um artigo sobre antigos locais de mineração na Faixa Piritosa Ibérica

  • 1852

    Decreto do Governo da Regeneração que põe fim ao monopólio régio e consagra a liberdade mineira de forma a atrair capitais de risco

  • 1853

    - Morte de D.Maria II ficando D.Fernando II, pai de D.Pedro V como regente devido a menoridade deste

    - Ernest Deligny regista em Huelva a Mina de Tharsis

  • 1854

    A 16 de Julho, o Piemontês Nicolau Biava, mineiro a soldo dos proprietários da mina de Tharsis (Espanha), encontra uma antiga mina romana na Serra de S. Domingos e regista-a em seu nome.

  • 1855

    - A 16 de Setembro, D.Pedro V é aclamado como Rei de Portugal
    - A 7 de Novembro é constituída em Huelva (Espanha) a sociedade anónima “Sociedad Minera La Sabina”

  • 1856

    A 28 de Outubro é Inaugurado o primeiro troço de caminho-de-ferro português entre Lisboa-Carregado.

  • 1857

    - A 12 de Agosto, o Geólogo Português Carlos Ribeiro produz um relatório técnico sobre a Mina de S. Domingos, sugerindo os limites iniciais da concessão de exploração.
    - A 7 de Outubro, o Estado Português confirma o registo da Mina de S. Domingos em nome de Nicolau Biava (Diário do Governo nº 36).
    - A 16 de Dezembro, Ernest Deligny visita a Mina de S. Domingos para celebrar a escritura da transferência da propriedade de Nicolau Biava para a La Sabina.
    - Durante este ano começaram a trabalhar nos antigos poços cerca de 50 trabalhadores diários de nacionalidade espanhola e piemontesa.

  • 1858

    - Nascimento da Mina de S. Domingos enquanto povoação.
    - A 13 de Março é celebrada no cartório do tabelião Francisco Bernardes da Fonseca, em Mértola a confirmação e ratificação da cessão da mina de Nicolau Biava para a sociedade La Sabina.
    - A 22 de Maio é dada a concessão provisória da exploração da mina, à La Sabina na qualidade de cessionária de Nicolau Biava, representada por: Victor Ernesto Deligny (engenheiro de minas Francês); Louis Decazes (Duque de Glucksbierg); Charles Eugéne Duclerc (banqueiro e senador parisiense). Diário do Governo Nº120.
    - A 16 de Dezembro é lavrado o 1º auto de demarcação da área concessionada, a planta anexa refere apenas um polígono e o locais correspondentes aos vértices do mesmo (Serra do pego da sarna; Serra do valle de cambas; Cabeço das bicadas; Alto do chabocaes; Alto do valle da matta e Sinal da herdade da careta).
    - Durante este ano começaram a trabalhar nos antigos poços cerca de 50 trabalhadores diários de nacionalidade espanhola e piemontesa.

Páginas