Cronologia Histórica

  • 1911

    - A 10 de Janeiro é decretado em Portugal o descanso semanal obrigatório ao domingo.
    - A 29 de Março é efectuada a reorganização dos serviços de instrução primária em Portugal. Criado o ensino infantil para os dois sexos.

    - A 1 de Maio é inaugurada a Sociedade Recreativa Pomaranense.
    - A 22 de Maio, o Escudo é instituído como moeda oficial portuguesa, substituindo o real.
    - A 1 de Julho é fundado na Mina de S. Domingos o Centro Republicano 5 de Outubro.
    - A 21 de Agosto é promulgada a Constituição da República, aprovada pela Assembleia Constituinte portuguesa.
    - A 24 de Agosto, Manuel de Arriaga torna-se no primeiro Presidente da República. Início da 1ª República.

    - A 13 de Setembro é fundada a Associação de classe dos Trabalhadores Mineiros.
    - Em Novembro é criada a Associação dos Trabalhadores do Mineral do Pomarão.
    - É aberto o 1º Posto da GNR em Mértola.

  • 1912

    - Durante o ano foram extraídas 440 000 ton. de minério.
    - Verifica-se um novo "Pico de produção".
    - Greve em Aljustrel.
    - Instalação da corda sem-fim

  • 1913

    - A 23 de Janeiro, o Dr. Afonso Costa visita a Mina São Domingos conforme é relatado no jornal "O futuro de Mértola". Segundo este jornal 4000 pessoas saudaram o ilustre visitante.
    - Criada a Cooperativa Cortepintense, que concorre com a Cooperativa Família Económica.
    - Ano de do grande perseguição e severa repressão do movimento operário e rural contrária à legislação do regime. Início da agonia do sindicalismo rural alentejano.

  • 1914

    - A 23 de Janeiro, Afonso Augusto da Costa, Presidente do Ministério e Ministro das Finanças, visita a Mina S. Domingos.
    - A 28 de Julho, começa a Primeira Guerra Mundial com quebra dos mercados e inflação.

  • 1915

    A crise económica mundial, atinge fortemente a Mina de S. Domingos, as exportações diminuem o que leva a despedimentos e tumultos diversos. Fixa-se uma força militar na povoação.

  • 1916

    - Neste ano atinge-se o nº máximo de trabalhadores na história da Mina de S. Domingos, a empresa emprega cerca de 2400 trabalhadores.
    - Por causa da guerra a inflação é muito elevada e há perda generalizada do poder de compra.
    - Comícios em Aljustrel pela fixação dos preços dos bens essenciais.

  • 1918

    - A 3 de Novembro morreu D.Maria Teresa Abecassis esposa do Dr.Mauricio Vargas
    - A 11 de Novembro, com a capitulação da Alemanha termina a Primeira Guerra Mundial.

  • 1920

    A 15 de Março, morreu de acidente quando se deslocava para emprego o Sr.Júlio Mascarenhas

  • 1921

    Fundado o Guadiana Futebol Clube, com sede na rua D. Eugénia, equipava de verde e branco.

  • 1922

    - A 15 de Agosto é fundado o S. Domingos Futebol Clube, equipava de vermelho e branco e tinha a sua sede na Casa dos Ingleses.
    - Em Outubro inicia-se uma grande greve em Aljustrel. Dura até Janeiro de 1923.
    - É construído o quartel da Guarda Nacional Republicana.
    - Criação do Sindicato Único das Classes Mineiras
    - O regime continua a perseguir os sindicalistas "como se criminosos ou seus inimigos naturais fossem, não havendo nisto direito nem lei". As empresas e o Estado cooperam num esforço sistemático de eliminação do "Bolchevismo".

  • 1923

    - Constitui-se na Mina de S. Domingos o grupo anarquista “União e Progresso” ou "Grupo de Propaganda e Estudos Sociais" com 21 membros.
    - A empresa proibiu a construção da sede do Sindicato nos seus terrenos só dando autorização para tal em 1933/34.
    - Greve frustrada na Mina São Domingos por a empresa ter cedido em certas exigências.
    - Continua a conflitualidade social e politica em Aljustrel.

  • 1924

    - Um alegado atentado (uma bomba no telhado) contra o engenheiro director, Frederick John Rich, leva à prisão e posterior despedimento dos trabalhadores mais activos na contestação à empresa.Serão libertados 18 dias depois por intervenção do deputado Sá Pereira.
    - Criado o Sindicato dos Mineiros de S. Domingos (associação de classe).

  • 1925

    - Fundação do Grupo Musical Recreativo.
    - Criação do Armazém Geral.
    - 1ª Conferência Anarquista da região Sul em Aljustrel.

  • 1926

    - Rebentou durante uma noite uma bomba na Sociedade Agrícola.
    - A 28 de Maio, um golpe de estado leva à queda da I República e abre caminho à implantação do Estado Novo (Regime Ditatorial - 2ª República).

  • 1927

    Prisão de vários sindicalistas de S. Domingos, incluindo Manuel Patrício, irmão de Valentim Adolfo João (Presidente do Sindicato de Mineiros de Aljustrel) que viria a ser implicado no atentado a Salazar de 1937.

  • 1929

    - A 18 de Junho foi concluída a construção da Rua D.Violeta
    - Distribuição ao Governo e aos jornais da brochura "Rumores Subterrâneos", editada pelo Sindicato dos Operários da Industria Mineira da Mina de São Domingos que descreve as condições de trabalho e de vida na Mina São Domingos.
    - Morre James Francis Mason , filho de James Mason ,Visconde e 2º Conde do Pomarão e 2º Visconde da Mina São Domingos e os títulos extinguem-se com a sua morte.

  • 1930

    - Construção na Achada do Gamo de novas instalações industriais (fornos) para a preparação de enxofre destinado exclusivamente à laboração da Companhia União Fabril (CUF) no Barreiro.
    - Inicia-se a publicação da "Voz do Mineiro"
    - Ano inicial da crise económica mundial.
    - Crise de produção que durará até 1934.
    - "Aumento do desemprego no Alentejo e baixa dos salários rurais - homens oferecem-se a 2$00/dia contra os 7 a 10$00/dia habituais. No distrito de Beja o concelho de Mértola é dos mais afectados pelo desemprego. Neste e nos anos seguintes há grandes despedimentos na Mina São Domingos e em Aljustrel."

  • 1931

    - A 29 de Janeiro é fundada a União Mutualista de Cambas (associação de socorros mútuos).
    - A 14 de Fevereiro é imposto em Portugal, o condicionamento industrial, que determina a necessidade de autorização ministerial para a abertura de novas fábricas e montagem ou substituição de máquinas.

  • 1932

    - A 5 de Julho, António de Oliveira Salazar torna-se Primeiro-Ministro.
    - A 12 de Outubro, inicia-se uma greve de 3 meses, a repressão das forças policiais durante a mesma é violentíssima recaindo principalmente sobre os dirigentes sindicais

  • 1934

    - Em Outubro é inaugurado o Forno Nº1 da Achada do Gamo.
    - Início da maquinação no interior da mina tendo o Estado concedido benefícios fiscais para a compra dos equipamentos.
    - Fim da acção sindicalista livre com a institucionalização dos Sindicatos Nacionais.

Páginas